sexta-feira, novembro 29, 2013

Apresentação dos Juvenis do Grap/Pousos 2013-2014

Grupo Recreativo Amigos da Paz - Pousos
--
Fundados em 1940
--
Campo da Charneca (Relvado Sintético)
--
Plantel 2013-2014
Guarda Redes :
Defesas :
Médios :
Avançados :
Treinador :
Adjunto :
Dirigentes :
Presidente : Rui Fonseca.
-----
Plantel
2012-2013
--
Histórico:
2011-2012 :
2013-2014 :
--
Sabes mais sobre esta equipa ou tens fotos da mesma? Envia-nos para fdleiria@hotmail.com  e ajuda-nos a ter este espaço cada vez mais completo.

1 comentário:

  1. UD Leiria ‘B’ 2
    Duarte, Alex, Diogo, Marto, Oliveira, Luisinho, Marcelo, Pedro Domingues, Edgar, Botas, Matheus (Moura, 65 min.).
    Não jogaram: Dinis, Rito, Carvalho, Lisboa, Ricardo, Filipe.
    Treinador: Vítor Duarte.
    .
    GRAP 3
    Neto, Miguel, Eduardo, Nuno Vieira, Paulo, Guilherme, Marcos (João Gomes, 67 min.), João Marques, Bernardo (Dário, int.), Rafael, Pereirinha (Francisco, 71 min.).
    Não jogaram: Luís Miguel, Marcelo, João Lopes.
    Treinador: Eduardo Manaça.
    .
    Ao intervalo: 1-1.
    Golos: : 0-1 por Portela (5 min.); 1-1 por Matheus (11 min.); 1-2 por Portela (47 min.); 1-3 por João Marques (49 min.); 2-3 por Botas (79 min.).
    Acção Disciplinar: Amarelo a Marcos (47 min.) e Diogo (48 min.).
    .
    UD Leiria e GRAP proporcionaram um espectáculo de futebol de bom nível com grande intensidade e golos para todos os gostos, com o GRAP a mostrar argumentos que podem levar a equipa a ascender aos campeonatos nacionais, enquanto os unionistas estiveram muito aquém das expectativas rubricando uma exibição apática.
    Apostando num 4x4x2 bastante dinâmico, desde cedo se percebeu que a formação dos Pousos vinha à academia unionista para lutar pela vitória e as coisas não poderiam ter começado melhor já que logo aos 5 minutos, num cruzamento de Marcos para a área, o guarda-redes Duarte socou a bola contra Portela, com o esférico a anichar-se no fundo da baliza.
    Num início de jogo frenético, os leirienses responderam por Matheus que, numa jogada de insistência, atirou a contar, restabelecendo a igualdade. A partir daqui o jogo ficou equilibrado, mas o endiabrado Portela era uma constante dor de cabeça para a defensiva da casa, semeando sempre muito pânico. Do outro lado, Matheus pareceu ser o jogador mais inconformado colocando Neto à prova, com o guarda-redes do GRAP a corresponder sempre a grande altura.
    Para o segundo tempo, a toada do jogo manteve-se, mas quem tem Portela em campo tem quase tudo. Numa bola bombeada para a área unionista, o avançado do GRAP antecipou-se de cabeça a Duarte e colocou o resultado em 1-2. Dois minutos depois, num livre directo de João Marques, o guarda-redes Duarte voltou a ficar mal na fotografia com a bola a entrar no meio da baliza, com a formação dos Pousos a conseguir uma vantagem confortável na partida (1-3).
    Os leirienses demoraram a reagir à desvantagem e quem aproveitou foi Portela, sempre ele, a atirar uma bola à barra. Só a 4 minutos do fim é que a UD Leiria deu um ar da sua graça num grande remate de longe de Alex em que a bola passou a centímetros do poste da baliza dos Pousos. Em cima do minuto 80, Botas aproveitou um ressalto para fazer o 2-3, mas já era demasiado tarde para as aspirações dos leirienses em conseguir um resultado positivo.
    Vitória justa do GRAP já que foi quase sempre superior, mostrando boa organização e entrega e quando se tem Portela num dia de grande acerto, a tarefa da equipa torna-se mais fácil contra uma UD Leiria que desiludiu perante os seus adeptos. A saída de Matheus, um dos melhores homens da formação de Vítor Duarte, não se percebeu.
    Trabalho globalmente positivo do árbitro André Mendes.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...