quinta-feira, setembro 19, 2013

Apresentação dos Juvenis A do AC Marinhense - Temporada 2013/2014

Atlético Clube Marinhense
-
Fundado em 1923
-
PLANTEL 2013-2014
Guarda-Redes :
Defesas : José Ricardo, Ricardo Fernandes
Médios : André Gil
Avançados :
Treinador : Sérgio Querido
Adjunto : Flávio Damásio
Dirigentes : Roberto Fernandes
Presidente : Delfim
-----
Histórico
2007-2008 : 1ªDistrital/Centro
2008-2009 : 2ºClassificado na 1ªDistrital/Sul. Subida à Divisão de Honra.
2009-2010 : 4ºClassificado na Divisão de Honra da AF Leiria com 34 Pontos. Subiu aos Nacionais o SCL Marrazes.
2010-2011 : 3ºClassificado na Divisão de Honra da AF Leiria com 45 Pontos. Subiu aos Nacionais o SC Pombal.
2011-2012 : 1ºClassificado na Divisão de Honra, Subida aos Nacionais. Vencedor da Taça Distrital de Leiria, batendo na final a UD Leiria B, por 5-4.
2012-2013 : Campeonato Nacional. Passou á 2ªFase.
2013-2014 : Campeonato Nacional
Plantéis
Plantel 2007-2008
---
Sabes mais sobre esta equipa ou tens fotos da mesma? Então envia-nos para fdleiria@hotmail.com  para termos este espaço cada vez mais completo.

1 comentário:

  1. Estádio Mário Duarte, em Aveiro
    Árbitro: Augusto Costa (Aveiro).

    Auxiliares: Alcino Soeiro e Hélder Ferreira.
    Espectadores: 100.

    .

    SC Beira-Mar 1
    João Pedro, Bruno, Ramon, Guga, Mango, Neves, Ladeiro (Marcos, 76 min.), André, Regêncio (Nuno, 60 min.), Rafa (João Gonçalves, 70 min.) e Lane.

    Treinador:Zé Maria.

    .
    AC Marinhense 2
    David, João Couto, António Luís, Diogo Vicente, José Ricardo, Gonçalo, João Carlos (Bruno Godinho, 55 min.), Paulo Antunes (João Duarte, 76 min.), Marco (André Gil, 80+1 min.), Gonçalo Ribeiro e Tiago Letra.
    Treinador: Sérgio Querido.
    .

    Ao intervalo: 1-1.

    Golos: Bruno (2 min.), Paulo Antunes (3 min.) e Marco (79 min.).
    Acção Disciplinar: Amarelo a Rafa (65 min.) e Diogo Vicente (76 min.).
    .
    Num jogo de qualidade, ganhou quem conseguiu ser mais eficaz. Os dois treinadores apresentaram algo pouco comum em campo, mesmo em escalões de formação, ou seja, colocaram as equipas a jogar um futebol positivo, vistoso, com ideias e princípios bem assumidos e definidos.
    Mesmo com os olhos postos na baliza do adversário, as duas equipas jogaram, contudo, de forma distinta. O Beira-Mar, mais ambicioso, apresentou muito mais posse de bola, enquanto o Marinhense revelou-se mais expectante, mas quando ganhava a bola sabia o que fazer, contribuindo, para isso, Paulo Antunes, um médio pequeno em altura mas com muito futebol nos pés.
    O jogo começou com golos. Dois em dois minutos. Um para cada equipa. Bruno marcou para o Beira-Mar e Paulo Antunes restabeleceu a igualdade para o Marinhense. Este equilíbrio inicial estendeu-se durante todo o encontro, com as equipas a jogarem bem, mas a terem poucas oportunidades para finalizar.
    E foi já nos últimos dois minutos que tudo se decidiu. André Santos permitiu uma grande defesa a David ao minuto 79 e Marco não se fez rogado perante João Pedro no minuto 80. O vencedor decidiu-se aí, pela eficácia. Quem não marcou, sofreu.
    O trio de arbitragem teve uma prestação positiva.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...