sábado, outubro 05, 2013

Apresentação dos Seniores da AR Meirinhas - Temporada 2013/2014

 
ASSOCIAÇÃO RECREATIVA MEIRINHAS
-----
Fundada em 1975 
-----
Campo António Mota Assis

--
PLANTEL 2013-2014
Guarda-Redes :
Defesas :
Médios :
Avançados :
Treinador : Frederico Rasteiro.
Adjunto :
Dirigentes :
Presidente :
-----
Histórico
2006-2007 : 14ºClassificado Divisão de Honra - 29 Pontos - Desceu a 1ªDistrital
2007-2008 : 1ºClassificada na 1ªDistrital/Norte - 82 Pontos - Subida á Divisão de Honra da AF Leiria. Perdeu o título de Campeão Distrital da 1ªDistrital para o Gaeirense, vencedor da Zona Sul, que venceu a final por 5-0.
2008-2009 :
13ºClassificado na Divisão de Honra da AF Leiria com 31 Pontos.
2013-2014 :
Plantéis
---
Sabes mais sobre esta equipa ou tens fotos da mesma? Então envia-nos para fdleiria@hotmail.com para termos este espaço cada vez mais completo.

 

 

3 comentários:

  1. 4ªJornada da Divisão de Honra 2013/2014
    .
    Campo António Mota Assis, em Meirinhas
    Árbitro: Élio Simões, assistido por Rudy Silva e Diogo Amado
    .
    AR MEIRINHAS 2
    Pedro, Hugo Roda, Portugal, Jonathan e Miguel; Milton, Zé Luís (BA, 87′) e Edgar; Filipe, João Carreira (João Capão, 71′) e Teles
    Treinador: Frederico Rasteiro
    .
    AC MARINHENSE 0
    Sandro, Riki, Joni, Figueiredo e David (Crouch, 75′); Falé, Timy e Ari; Amaro (Vitinho, 38′), Nando e Pascoal (Miguel, 88′)
    Treinador: Joaquim Silva
    .
    Ao intervalo: 1-0
    Marcadores: Zé Luís (11′) e Milton (50′)
    .
    O Meirinhas derrotou o Marinhense por 2-0, em jogo antecipado da 4.ªjornada. A vitória da formação de Frederico Rasteiro justifica-se, dado que foi melhor e mais eficaz, em relação ao seu adversário.
    O conjunto do concelho de Pombal conquistou a primeira vitória no campeonato, enquanto o Marinhense a primeira derrota.
    O primeiro golo do encontro surgiu aos onze minutos pelo experiente Zé Luís. O Marinhense poderia ter empatado o encontro na sequência de um livre apontado por Amaro, mas a bola bateu na trave.
    O intervalo chegou com a formação de Meirinhas a vencer por 1-0. Logo nos primeiros minutos da segunda parte, mas o remate de Ari bateu no poste.
    Poucos minutos depois, o Meirinhas chegou ao 2-0, com Milton a aparecer solto de marcação e a bater Sandro. Até final registo para um remate ao lado por parte de João Carreira.
    Trabalho positivo do trio de arbitragem que dirigiu a partida.

    ResponderEliminar
  2. AR Meirinhas
    Pedro, Hugo Roda, Portugal, Jonathan e Miguel; Zé Luís, Milton (João Capão, 83 min) e Edgar, Teles, João Carreira ( BA, 75 min, Falcão (Tiago Santos, 67 min)
    Treinador: Frederico Rasteiro

    .

    Beneditense
    Diogo Soares, Tiago Gonçalves, Tiago Oliveira, Élio e Rúben Cardoso; Batuto e Miguel Peralta, Gonzaga (Lucas Grilo, 66 min) , Ivonilson, Miguel Sarrazina e Tonicha
    Treinador: Dário Catarino

    .

    Ao intervalo: 1-1
    Marcadores: Tonicha (2 min) e Teles (37 min)
    Acção disciplinar: Amarelo a Miguel Sarrazina (29′), Milton (43′), Tiago Oliveira (63′) e Portugal (90+2 min).Vermelho por acumulação a Miguel Sarrazina (76 min).

    .

    Num jogo bem disputado, Meirinhas e Beneditense repartiram pontos num resultado que acaba por aceitar-se, embora a formação local tenha tido várias oportunidades para vencer a partida.
    O Beneditense começou bem o encontro, mas o Meirinhas assumiu as despesas do jogo após o golo do empate. Na parte final com menos uma unidade os comandados de Dário Catarino voltaram a dar sinal de vida e poderiam inclusive ter vencido o encontro.
    Ainda algumas pessoas entraram no campo António Mota Assis e já o Beneditense vencia por 1-0, fruto do golo de Tonicha. Desatenção defensiva do Meirinhas, bem aproveitado pelo jovem jogador da Benedita.
    O Meirinhas demorou a reorganizar-se após golo, mas a partir dos vinte minutos conseguiu equilibrar a partida. Até aos trinta minutos, Diogo Soares foi um mero espetador, dado que a formação de Frederico Rasteiro não conseguia gizar jogadas de perigo.
    Aos 37 minutos o Meirinhas chegou ao golo do empate por Teles. Até ao intervalo foi o conjunto local mais perto do golo, mas Diogo Soares mostrou-se sempre bastante seguro.
    Ao intervalo o resultado ajustava-se. O Beneditense entrou melhor, mas quem terminou com sinal
    de vencer. O médio Edgar esteve perto do golo, mas Diogo Soares correspondeu mais foi o Meirinhas.
    Nos segundos 45 minutos os comandados de Frederico Rasteiro entraram com outra atitude e com vontade com uma bela defesa. Pouco tempo depois foi a vez de Hugo Roda colocar à prova o jovem guarda-redes do Beneditense.
    O Meirinhas dominava e dava a sensação que mais cedo ou mais tarde o golo viria a surgir e por isso Frederico Rasteiro lançou no encontro Tiago Santos e BA, no sentido de dar maior dinamismo ao ataque.
    O golo voltou a estar perto de acontecer, mas a trave da baliza de Diogo Soares assim não o quis.
    A quinze minutos do final, Miguel Sarrazina foi expulso por palavras dirigidas ao árbitro. Minutos antes, o mesmo jogador esteve muito perto do golo, mas em boa posição não conseguiu finalizar a preceito.
    Curiosamente a jogar com dez o Beneditense voltou a conseguir controlar o jogo e a terminar Tiago Oliveira na sequência de um livre obrigou Pedro a grande defesa.
    Boa arbitragem de José Oliveira e seus pares.


    Cid Ramos

    ResponderEliminar
  3. AR Meirinhas 0
    Pedro; Hugo Roda, Portugal, Jonas e Miguel; João Capão, Zé Luís, Edgar, Milton (João Carreira, 62 min); Filipe Capão (Tiago Santos, 77 min) e Teles.

    Não jogaram: : Ivo, Batista, Leandro, Diogo António e Diogo Ramos
    Treinador: Frederico Rasteiro.
    .
    GD Pelariga 2
    Nuno Viseu, Jimmy, Nélson, Pitéu e Joel; Poeta, Diogo Padeiro (Damien, 83 min), Romero (Daniel, 72 min), Ivo, Diogo Ribeiro e Felipe (Stéphane , 60 min).

    Não jogaram: João, Bruno, Leandro e Damien.
    Treinador: Marco Ferreira.
    .Ao intervalo: 1-0.
    Golos: Pitéu (38m) e Daniel (77 min)
    Acção Disciplinar: Amarelo a Milton (20 min), Pitéu (24min), Diogo Padeiro (47 min), Nélson (49 min) , Edgar (85 min)e Damien (90 min).Vermelho por acumulação a Nélson (90+1).
    .
    Num jogo extremamente repartido, a Pelariga derrotou o Meirinhas por 2-0. Vitória do conjunto mais eficaz, numa partida muito equilibrada e com poucas situações de perigo em cada uma das balizas. A Pelariga regressou às vitórias, enquanto o Meirinhas somou a segunda derrota consecutiva.
    Nos primeiros 45 minutos, o jogo foi sempre equilibrado sem que nenhum conjunto conseguisse ter superioridade sobre o outro.
    Registo para uma remate à trave por parte de Filipe Capão por parte do Meirinhas como o lance de maior perigo nos primeiros trinta minutos da partida.
    Na sequência de um canto os visitantes adiantaram-se no marcador por Pitéu. O central em boa posição estreou-se a marcar pela Pelariga.
    Ao intervalo o resultado premiava a equipa mais eficaz na partida. No regresso dos balneários o equilíbrio manteve-se. O Meirinhas detinha mais posse de bola, enquanto a Pelariga apostava no contra-ataque. O Meirinhas esteve perto do golo em duas situações, mas sem sucesso. O recém-entrado Daniel fez o 2-0 para a Pelariga, num golo que contou com alguma passividade da defensiva do Meirinhas.
    Até final o Meirinhas esboçou uma reaccão, mas sem grandes efeitos práticos. A Pelariga teve sempre o jogo controlado. Na parte final a Pelariga ficou reduzida a dez unidades por expulsão de Nélson por acumulação de amarelos.
    Trabalho positivo de Nélson Pereira.
    ---
    O que disseram os treinadores:
    Frederico Rasteiro: “Foi um jogo bastante equilibrado com o vencedor a ser o conjunto mais eficaz e o que mais fez para ganhar o jogo. Tivemos algumas oportunidades, mas não conseguimos ser eficientes na finalização”
    Marco Ferreira: “ Foi um jogo muito equilibrado com poucas situações de perigo. Fomos eficazes na finalização e isso acabou por decidir o vencedor do encontro”.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...